terça-feira, 11 de novembro de 2008

GABRIEL FREITAS & BÉBIO AMARO


O Gabriel (CRF, Rótulo Preto) é um músico irrequieto, que desde sempre tentou encontrar novas fontes sonoras, através da exploração de sons de vários instrumentos ou objectos. O Bébio é um músico que deu a sua criatividade a um grande número de projectos (Lavimpa, D-Tuned, Carol’s Broken Cables, Yume, Switch), sendo sempre a sua prestação mais comedida nos anteriores colectivos musicais por onde passou.
Juntos, extravasaram o seu lado mais experimental, e conseguiram criar uma performance feita de improvisos, onde combinam o ruído industrial (muito à maneira de uns Einstürzende Neubauten), com o minimalismo (por aqui paira no ar o fantasma do Brian Eno) e o experimentalismo. Apesar do aspecto “jam session” da sua actuação – e simultaneamente momento criativo e performativo –, existe uma linearidade musical e coerência estrutural não convencional, que desembocam numa lógica conceptual muito racional e objectiva (muito embora, certos momentos harmoniosos tenham por fundo um caos sonoro, ruidoso, e por vezes abstracto).
Poderá parecer estranho (surreal, diria eu) um concerto deste gabarito ter ocorrido na Camacha, mas isto prova, realmente, que existe uma maior abertura e predisposição desta terra para novas iniciativas e conceitos musicais. De louvar!













video

Sem comentários: