sexta-feira, 1 de agosto de 2008

LINO-P








Ao ouvirmos Lino-P, tomamos logo consciência de um outro lado da Camacha: mais obscuro, mais urbano… mais real! Não é a Camacha de cartaz turístico, do folclore e dos vimes, aquela visão tão turística e apelativa ao olhar do visitante… não… é a vila urbanizada, e os subúrbios que a rodeiam, que tomou de assalto o epíteto “serrana” , que trocou a vertente campestre pelo progresso mais humanizado, com todas as consequências (boas e más) que essa transformação acarreta. Já não é o folclore que domina a fórmula retratista das vivências do povo, já não é a cultura e a tradição que dita a ordem do dia, é antes uma miscelânea multicultural, que se reverte em todas as manifestações da vida dos camacheiros… nesta aculturação, Lino-P faz-se socorrer de um tipo de discurso introduzido, o Rap (Rhythm and poetry) - no subgénero mais agressivo e descritivo do Hip Hop: o Gangsta Rap (termo originário dos anos 80, que servia para descrever, pelas camadas mais jovens, o estilo de vida violenta que os rodeia no dia-a-dia) -, para falar, de uma perspectiva muito particular, através de uma visão muito sua, da Camacha esquecida pelas elites e pelo turismo; menos risonha, mais negra e depressiva, uma realidade crua e nua, onde impera a opressão e o medo. Refere Da Weasel e Sam the Kid, domina uma linguagem de rua, espontânea, com rimas e estrutura métrica em perfeita consonância com a musicalidade dos temas, que quase aparece como pretexto para as histórias que narra. Este tipo de música urbana é o reflexo da evolução da nova Camacha, na sua vertente mais sombria e ignorada… uma voz interventiva a se fazer ouvir!! Mordaz… e genial! 
Lino Azevedo, mais conhecido por "Lino-P" (nome artístico). Compositor e cantor de música RAP desde o ano de 2002, com uma ampla projecção neste estilo musical na ilha. O percurso musical tem sido divulgado por vários eventos..., nomeadamente, através de concertos em diversas zonas da ilha, várias idas aos programas televisivos: "Irreverência e Noite de Estrelas", a "Antena3 Madeira, Art' Camacha e a RTP Madeira" tem contribuído grandemente para a promoção do seu trabalho. É o artista madeirense com mais temas a serem divulgados pela "Rádio Antena3 Madeira" (11 temas), e também autor e compositor da música dedicada ao grande "Cristiano Ronaldo" com o tema "CR9 (Orgulho Madeirense)", escrita e gravada no mês de Agosto de 2009.

LINO-P ( Live ACTS ):
- Art' Camacha (14 de Agosto, 2007) c/ "Alex"
- Casa-do-Povo "Camacha" (... de Setembro, 2007) c/ "Alex"
- Polivalente (... de Janeiro, 2008) c/ "Alex"
- Bar o Cego (21 de Março, 2008)
- Jardim Botânico (28 de Março, 2008) c/ "Alex"
- Bar-da-Cidade (14 de Julho, 2008)
- Bar-da-Cidade (19 de Julho, 2008)
- Art' Camacha (11 de Agosto, 2008)
- Irreverência (3 de Janeiro, 2009)
- Escola da Levada (16 de Janeiro, 2009)
- Club Sports (... de Março, 2009)
- C.C.C (4 de Abril, 2009) c/ "Rúben-C, R. Gouveia & M. Teixeira"
- Irreverência (17 de Abril, 2009) c/ "Rúben-C & M. Teixeira"
- Antena 3 on Tour "Calheta" (25 de Abril, 2009) c/ "Rúben-C"
- Art' Camacha (10 de Agosto, 2009)
- 9:13 "Porto Novo" (12 de Setembro, 2009)
- Comício PSD "Bairro da Nogueira" (5 de Outubro, 2009)
- Antena3 Big Party Halloween "Vespas" (31 de Outubro, 2009) c/ "Rúben-C"
- Jardim Municipal (6 de Dezembro, 2009) c/ os "EMPERIUM"
- Noite de Estrelas (15 de Janeiro, 2010)
- Irreverência (6 de Março, 2010)
- Centro Cívico "Caniçal" (7 de Março, 2010)
- Bar Afrikano (7 de Março, 2010)
- Bar-da-Cidade (20 de Março, 2010)
- Escola Jaime Moniz (25 de Março, 2010) c/ os "Negative Rule"
- Irreverência (5 de Junho, 2010) c/ "Dj Matryh"
- Escola do Estreito (25 de Junho, 2010)
- Summer Bomb "Ribeira Brava" (26 de Junho, 2010) c/ "Dj Azz"
- Centro de congressos da Madeira (24 de Julho, 2010) c/ os "EMPERIUM"
- Must Club "Machico" (7 de Agosto, 2010) c/ "Dj Azz"
- Hip Hop Bus! "2ª edição" (7 de Agosto, 2010)... "VENCEDOR!!!"
- Art' Camacha 2010 (9 de Agosto, 2010) c/ "Duarte, Laura, Carolina e os S.T.G"
NOTA:
-Incluindo duas presenças em 2 Concertos gravados em DVD.*Jardim Municipal do Funchal (dia 6 de Dezembro, 2009)* c/ os "EMPERIUM"*Centro de Congressos da Madeira (dia 24 de Julho, 2010)* c/ os "EMPERIUM"

*Art'Camacha 2009

No Art’Camacha 2009, o Lino-P surgiu em palco desferindo palavras de ordem, revelando o seu sentido de justiça e a sua verdade, com rimas afiadas, muito críticas, falando no plural, qual porta-voz incontestável, em nome do bairro onde vive. Munindo-se da música urbana, continuando os seus discursos em formato gangsta rap, ele mantém incólume a sua postura intervencionista, mantendo os fãs fiéis do passado, e conquistando, cada vez mais, um público maior. Ainda houve tempo para preencher um acapela com um improviso de bateria pelo Valério, baterista dos Negative Rule (que acabou por ser uma grande surpresa a forma como o MC e o baterista interagiram, com os ritmos crus e secos da bateria a ditarem o compasso e o andamento do discurso rap). Embora os seus discursos não sejam só factos generalizados inquestionáveis, mas também subjectivismos que podem dar azo a diálogos e espaço para opiniões divergentes – ou não vivêssemos nós numa democracia livre -, o Lino-P foi, sem sombra de dúvida, o "mestre de cerimónias” da noite rock do Art’Camacha, um entertainer versátil, de postura messiânica, na pele de um rapper eloquente e persuasivo, pouco moderado nas críticas e nada parco em palavras.










*ART' CAMACHA 2010


No Art’ Camacha 2010 o Lino P não veio só, apresentou-se na companhia de ilustres convidados, e “munido” de palavras de ordem, de julgamentos à realidade social que o rodeia. Duas bailarinas precoces (Laura & Carolina), ainda meninas, de grande virtuosismo e entusiasmo, e com um grande talento (apesar de estreantes nas andanças de palco), deram vida a um dos temas cantados pelo rapper. Outro estreante na música, um amigo rapper de tenra idade (Duarte), acompanhou o Lino P nas rimas afiadas, contestatárias, mostrando desde já não só a versatilidade com as palavras, como também uma postura intervencionista (nos temas "Bófias a Mais" e "Voz da Revolta (remix)"). O espectáculo teve o seu clímax quando um grupo de “breakdancers” (os "Spank The Granny - BreakDance Crew (S.T.G)") ilustrou os temas do Lino com o seu estilo de dança de rua, – o Breakdance é conhecido por ser um grande aliado do Hip Hop e variantes – que aqui, neste contexto musical, encaixou que nem uma luva! Grandes acrobatas e com um grande sentido rítmico, os bailarinos abrilhantaram o concerto, levando o público ao rubro! Para terminar em grande, não faltaram os MCs, que com seus sons vocais, acompanharam o Lino P nos seus discursos rap (sozinhos imitavam, com a boca, ritmos e sons de instrumentos, que dispensavam qualquer tipo de acompanhamento instrumental…. verdadeiros “homens orquestra”!). Uma surpresa enorme…. criaram-se assim grandes expectativas para o primeiro festival rock na Camacha: o Mountain Rock 2010!





















8 comentários:

André Teixeira disse...

Excelente, mostra precisamente o que se passa em determinada zona da Camacha. Uma realidade diferente, problemas e muita coragem.

Parabéns LINO !

gracianocaldeira disse...

Parabéns! Sabia que gostavas desse tipo de música mas nunca me passou pela cabeça que compunhas. Infelizmente a vida não é um mar de rosas e isso está bem mostrado aqui nestes temas... ainda bem que há quem os mostra.

Abraço, Graciano Caldeira

Olga disse...

Infelizmente a tipica Camacha já não é o que era...!
Mtas pessoas preferem desviar o olhar pro outro lado em vez de enfrentar a dura realidade...mas fico feliz por saber que existe sempre alguem que não tem medo de dar a cara e mostrar que mesmo vivendo na violência surge sempre algo de bom!

zé, Dj BoX disse...

gandes sons man continua sempre kom isso e kuando presizares u ppl ta aki... tass...

Anónimo disse...

ALTAMENTE....CONTINUA COM ESSA FORÇA,Abraço

Anónimo disse...

fds ja oiço gangsta rap a mais de 20 anos nunca tinha ouvido gangsta rap em portugues asim tas de parabens amigo continua com essas letras... vai a frente

Jordan508

Anónimo disse...

nunca gostei deste tipo de musica, mas depois de ouvir, passei a gostar. Desejo-te muito boa sorte e que encontres um pouco de sorte, pois aki na adeira, precisamos um pouco.. Boa Sorte

É'Ramos disse...

Adoro as tuas musicas!!

Gostei muito de te conhecer pessoalmente, na altura não sabia muito de ti, mas agora já te conheço um pouco melhor.. espero te voltar a encontrar por aí.. Adeus