sexta-feira, 15 de agosto de 2008

VENTOS CRUZADOS

O José Manuel, que desde sempre se dedicou ao saxofone, tem já um currículo extenso - que passa pela sua formação no conservatório da Madeira, onde fez também um curso de jazz com professores do Hot Club -, com inúmeras participações em várias iniciativas musicais, desde projectos de conservatório, à banda da Camacha, até ao memorável concerto de jazz no Art’Camacha 2000.



Desta feita, o José Manuel resolveu juntar o saxofone à secção de metais de um novo grupo, do qual nasceram os Ventos Cruzados. Esta banda, que combina um leque variado e rico de instrumentos, quase uma Big Band típica do swing, apesar da diversidade de elementos que a compõem, e de percorrerem os caminhos do jazz, não se limitam a isso, fundem-se algures entre o universo jazzistico e outras tendências, como a soul ou o R&B. Reclamando para si o direito fusionista, à boa maneira de um Chick Corea, ou fazendo lembrar o espírito híbrido de “Bitches Brew” do Miles Davis, os Ventos Cruzados tanto são excelentes intérpretes do próprio Chick Corea, como se adaptam na perfeição à jazzy soul fatalista da Amy Winehouse – onde a Catarina prova as suas fortes capacidades vocais.




A versatilidade da banda permite-lhes uma adaptação perfeita a composições musicais tecnicamente evoluídas, que podem ser de áreas completamente distintas, mostrando a sua maleabilidade interpretativa. Tendo se iniciado em 2007, os Ventos Cruzados tiveram até agora apenas 2 actuações (Fórum de Machico e Art’Camacha 2008), mas foi o suficiente para que não passassem indiferentes ao público, que os recebeu de forma entusiástica. Não se limitando a covers, este colectivo tem também músicas originais, sendo a composição da autoria do teclista, o Nelson Spínola. Esperemos que a "ventania" tenha apenas começado a soprar, e que bons ventos os elevem mais alto.


Formação:


Catarina - Voz

José manuel - Saxofone

Sílvio Spínola - Trompete

Hugo - Trombone

António - Baixo

Nelson Spínola - Teclas

Johnny - Baterista

Sandro - Guitarra





Ventos Cruzados no Art' Camacha 2008

Sem comentários: